Blog

Energia Solar e sustentabilidade: economia para o presente e responsabilidade com o futuro

Desde que foi desenvolvida, a Energia Solar Fotovoltaica é aliada de quem busca uma solução para economizar energia sem deixar de lado a preocupação com o meio ambiente.

Utilizando o sol como fonte energética, sua produção não emite CO2, um dos principais gases responsáveis pelo efeito estufa e o aquecimento global. Mas a discussão em torno dessa fonte alternativa de energia vai muito além do grande benefício econômico gerado para quem decide investir na tecnologia.

Em 2010, a Organização das Nações Unidas (ONU) já havia alertado o mundo com o relatório produzido pela ONU “Perspectivas Globais de Biodiversidade”, em que indica que se ações de responsabilidade social não fossem tomadas a partir daquele momento, os danos ambientais já seriam irreversíveis do ponto de vista de recuperação biológica natural.

Nesse sentido, utilizar fontes alternativas de energia (como a solar, eólica, biomassa), não são mais tratadas como alternativas experimentais ou de menor relevância, mas sim, alternativas práticas, viáveis e necessárias, e que devem ser estimuladas em todos os setores de nossa sociedade, seja por iniciativas educacionais, políticas, econômicas, entre outras ações.

O Brasil, a geração solar e o meio ambiente

Em uma matéria publicada pela revista Exame este ano, podemos observar o crescimento da solução no Brasil: “De acordo com o último levantamento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o Brasil ultrapassou a marca histórica de 1 gigawatt de potência instalada em geração de energia distribuída.

Em apenas dois anos, o número de instalações de painéis solares teve um aumento de mais de 560%. O número que era de pouco mais de sete mil (7.400) saltou para 49 mil unidades em todo o Brasil.”

Apesar do crescente interesse por essa fonte alternativa, as notícias ambientais de nosso país não são animadoras. Entre desastres e crimes ambientais, estamos perdendo nossos rios e florestas.

De agosto de 2018 a julho deste ano, os alertas do Inpe indicaram que 6,8 mil km² poderiam estar sob desmate. De acordo com o monitoramento de desmatamento, que emite alertas para áreas desmatadas, se considerados apenas os dados do último mês, a área da Amazônia com alerta de desmatamento subiu 278%.

Energia Solar e sustentabilidade: movimentando um mundo mais saudável

Apesar de todos os desafios em relação ao meio ambiente, é possível mudar atitudes e pensar no que podemos colaborar individual e coletivamente para mudar esse cenário. Uma boa forma de começar, é apostar em atitudes sustentáveis.

Mas, para isso, é importante entender que sustentabilidade não é um conceito apenas para uma área de nossas vidas. Quem decide apostar em ações sustentáveis está mais propenso a repensar suas atitudes como um todo, revendo hábitos de consumo, alimentação,  transporte, saúde e lazer. 

Ah, e esse ciclo de sustentabilidade não é aplicado somente à vida pessoal, viu? O conceito de energia solar e sustentabilidade é capaz de impactar também empresas.

Empresas que iniciam ações sustentáveis como a instalação de energia solar, além de promoverem a solução internamente com seus colaboradores, impactam clientes e pessoas com seu exemplo.

Sem poluição, ruído ou resíduo

E o que faz a Energia Solar ser uma fonte sustentável? Para começar, a energia solar utiliza uma fonte inesgotável (ou que tem sua renovação natural), que são os raios solares.

Ou seja, ela não retira da natureza nenhum recurso ou gera qualquer desequilíbrio ambiental. Além disso, a Energia Solar não emite nenhum resíduo – nem químico ou sonoro. 

E você, quer iniciar o ciclo de sustentabilidade em sua vida e na sua empresa? Converse com nossa equipe e entenda tudo que a Energia Solar pode fazer por você.

Leia mais: