Blog

Dúvidas sobre o Sistema de Medição para Faturamento (SMF)? Descubra o que é

energia-elétricaAo falar em comercialização de energia é necessário entender que esse tipo de negociação possui demandas específicas de rastreamento.

O Sistema de Medição para Faturamento (SMF) tem como finalidade o controle dos processos de contabilização de energia elétrica, de responsabilidade da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE.

 

Além disso, visa à apuração das demandas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS. Quer entender a Adequação de forma definitiva? Descubra como em 8 passos.

 

Saiba tudo sobre a Adequação do Sistema de Medição para Faturamento (SMF)

 

O Mercado Livre de Energia possui certas especificidades em relação ao método comum de compra de energia. Portanto, quando a empresa opta por ele, é necessário realizar uma adequação do sistema de medição para faturamento de energia instalado.

Após a implementação dos novos componentes, a nova forma de obtenção de energia passa a poder ser utilizada.

A adequação do sistema de medição para faturamento é fundamental para atender às exigências dos órgãos reguladores: Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

 

manutencao-preventivaPara realizar essa transição, é necessário conhecimento técnico específico sobre o assunto.

O ponto de medição é instalado após a elaboração de um diagrama unifilar de conexão da subestação da unidade com a rede básica, juntamente com um projeto específico do sistema de medição e comunicação.

 

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

 

Passo a Passo

Nesse projeto, executa-se o levantamento físico e elétrico das instalações, detalhando o sistema de comunicação e de transferência de dados. Assim, isso é feito para que as informações possam ser repassadas aos órgãos reguladores.

 

Após essa etapa, o sistema de medição e faturamento passa pela instalação e comissionamento e teste do funcionamento dos equipamentos. Por exemplo, elementos como o painel, medidor, chave de aferição, nobreak, cabos de ligação e roteador são testados.

 

Após essa etapa, o relatório de comissionamento é enviado aos órgãos competentes. Dessa forma, garante-se a conformidade de todo o processo de adequação com as normas vigentes.

 

Envolvendo etapas técnicas e conhecimentos específicos, o serviço de adequação pode ser bastante complexo. Por isso, é fundamental contar com uma empresa séria e capaz de realizar o serviço com qualidade e eficiência.

 

Quer saber quais são os critérios fundamentais na hora de escolher uma empresa para realizar a sua migração segura? Baixe nosso e-book e descubra como migrar de forma segura.

 

 

 

Leia mais:

Tudo sobre a Adequação do Sistema de Medição em 8 passos

Economia inteligente: conheça o potencial da Gestão Energética

Conheça 5 dicas de economia de energia para praticar agora